A DITADURA FEMININA, Wagner Martins (Poema)

Resultado de imagem para mulher com bigode de hitler

A DITADURA FEMININA

Há uma nova tirania,
A DITADURA FEMININA:
Na maioria das mulheres é brotada
A crença de terem um pau mandado,
Para serem seus fieis mordomos,
Um servo que é idiotamente felizardo,
domesticado para atender seus loucos caprichos!

Há uma nova tirania,
A DITADURA FEMININA:
Sexo frágil?! Nem aqui,
Nem na China.
Elas não têm aquele bigodinho intimidador
Feito do Adolf Hitle,
porém com todo seu charme se filtram
bem na base da nossa vida,
Querem que o nosso mundo
gire entorno delas!...
Daí começam a ditar
seus dominadores decretos:
Não pode fazer isso,
não pode fazer aquilo...
Olhar, ser gentil
com outra mulher não pode, só com ela,
A andar ao seu lado
tem que olhar, falar baixo...
Se vacilarmos nas regras, a censura
é rapidamente delatada,
nas faces lindas de tão bravas,
ou quando bate o pé no chão.
E se preparem porque mais tarde
o castigo é certo, e específico!

Há uma nova tirania,
A DITADURA FEMININA:
Nesse regime,
Muita das vezes
a tortura é psicológica,
Os ataques de ciúmes
São constantes, e sem lógica,
E ainda elas se justificam que isso é amor;
Mas logo tiram o seu livre-arbítrio,
A sua vontade própria...
E os sem noção, creem que são felizes,
Pois essas mulheres
lhes viciaram em seu perfume,
pelo coração lhes prenderam,
e da vida alegre, sem elas no comando,
lhes castraram!...

 - Wagner Martins


sexta-feira, 24 de março de 2017

Nenhum comentário:

Postar um comentário