DEUS, FONTE DA VIDA! Wagner Martins (Poesia)


DEUS, FONTE DA VIDA!

É uma grande, e intensa correria
De tantas pessoas buscando a vida,
e assim correm nas filosofias,
rituais, ideologias, religiões, doutrinas,
poder, em objetos materiais...

atendem as paixões, os desejos
por aquilo que é tão enganoso...
Correm a tantas coisas
que lhe causam mais frustrações...
sentem breves alegrias,
deixando o viver
cada vez mais tão sem vida!...

A corrida é tão intensa,
tão cansativa, e longínqua:
que muitas vezes parece
que a tristeza, a angústia,
a insegurança, solidão, a desesperança
vão explodir o coração,
ás vezes chega ao ponto de desejarem,
e a muitas infelizmente cometem suicídios!...

correm tanto, mas estão presas
justamente em tudo que acreditam
em que acharam a vida!

Nós, somos os leitos, os caminhos
Para fluir o único rio da vida,
e Jesus Cristo, o Senhor Deus
é a fonte que jorra a água viva,
Ele está a nos oferecer a vida:
vida com abundância
De sua alegria, paz, segurança, esperança...
Ele quer nos encher, nos saciar
Basta, tão-somente o nosso viver Lhe entregar,
E dentro de nós deixar Jesus fazer morada!

- Wagner Martins


sexta-feira, 15 de fevereiro de 2018

DEIXARAM DE SEREM, OU NUNCA FORAM!? Wagner Martins (Poesia)


DEIXARAM DE SEREM, OU NUNCA FORAM!?

Na minha vida,
Elas ficaram tão quietas, tão silenciosas...

para mim
eram como o sol a brilhar no horizonte,
mas deixaram o tempo fechar,
deixaram de me iluminar!

Eram como flores dando mais
tons de cores alegres da tela da minha alma,
porém, as tais deixaram de exalar sentimentos,
virando flores de plásticos,
inúteis para vim cultivar!...

ficaram tão quietas sem gerarem calor para me esquentar,
sem dirigir a mim palavras para no silêncio me sufocar...
contudo, decidir não mendigar sentimentos,
decidir não ser tão incômodo,
ainda tenho um tico de bom-senso,
um tico mais de amor-próprio:
sozinho decidir me manter bem ocupado
me dando aos prazeres que só se encontram
lá nas cavernas dos solitários!

- Wagner Martins


16 de fevereiro de 2018

DEUS, ME DÁ UM CORAÇÃO DE ADORADOR! Wagner Martins (Poesia)


DEUS, ME DÁ UM CORAÇÃO DE ADORADOR!

Senhor, me ajuda
A arrancar as raízes tão profundas
Que no meu coração muitas vezes
predominam, e o contaminam,
Me fazendo brotar
Os frutos que me dão prazer,
Mas do Seu Querer me afasta,
Tornando as minhas reflexões frustradas...
Me ajuda em fazer do meu coração
O seu templo, o seu reino
para seu gozo,  a sua palavra reinar!...

Quero mais, e mais
Que minhas ações
sejam para Lhe agradar,
assim Seu Divino, e Único Amor
Que sente para comigo, e para meu próximo,
Será refletido em mim, e em meus feitos!...
Estou cansado de me distrair
com meus deleites breves, e vãos
Que sei que não Lhe agradam,
Eles são tão breves, e tão vãos
que me animam só por um instante,
E me deixam na angústia, e na solidão...
Deus, sacia minh’alma na sua fonte de água viva!...

Mestre, doutrina o meu pensar
Para que tudo há em mim adore o seu nome,
Porém, não só adorar pelo que o Senhor faz,
Contudo,, que seja meu maior prazer
Vim sentir, e Lhe adorar pela beleza da sua formosura!...

- Wagner Martins


12 de fevereiro de 2018

POR GENTILEZA VÁ! Wagner Martins (Poesia)


POR GENTILEZA VÁ!

Vá, vá!
Não estou a duvidar
Do tanto que estamos a nos amar,
Mas do jeito como estamos,
Não dar para continuar.

Vá, vá!
Sou uma ilha, caverna minha:
Muito tempo na solidão
Me fez criar ao meu redor barreiras...
Chegasse, e se pusesse como única estrela,
Bem no meio do céu da minha vida,
até por um instante
Lhe apreciar distraída, em silêncio,
Ah... que sensação única, alegra o meu dia!...
Mas não posso doar algo tão precioso de mim,
e que você tem que de me conquistar!

Vá, vá!
Certas posições de uma pessoa
Quando a outra não entende
Viram defeitos...
Vá, vamos tempo nos dar,
Pois quando você para meu lado voltar
Me verá melhor do que eu era,
E renovadamente nos amaremos,
até ainda intensamente mais;
Mas é só miragem que a distância,
A saudade em nosso coração projeta!...
Por mim, por sua pessoa,
e por nosso bem-estar, por gentileza vá!

- Wagner Martins


10 de fevereiro de 2018

ALEGRARMO-NOS EM DEUS! Wagner Martins (Poesia)


ALEGRARMO-NOS EM DEUS!

Nunca o ontem
Será igual a hoje:

Mesmo que todos os dias
vejamos nada demais,
mas se despertarmo-nos espiritualmente,
daríamos menos atenção as coisas ilusórias,
coisas inúteis, até mesmo as coisas que nos fazem sofrer,
as que delas viramos reféns...
e olharemos, atentaremos para o céu, para Deus,

Sentiremos o prover Dele:
De amor, abraço da alma, perdão...
De luz, paz, da sua parceria, benignas orientações...
De seu preencher da verdadeira felicidade,
Da sua presença a aquecer o coração
A afastar o frio da solidão!...

Como acontece
Em toda terra no pôr-do-sol,
os raios vão tocando,
aquecendo, colorindo
tudo o que alcançam,
pois em cada amanhecer
Deus faz coisas novas
Para nos alegrar, nos regozijar,
E ficarmos maravilhados Nele!...
Agora só nos cabe ignorar,
ou gozarmos desses gestos de amor divinal
Que se renovam, e pode nos renovar
Em cada amanhecer!...

- Wagner Martins

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2018

A ARTE DO NOSSO AMOR, Wagner Martins (Poesia)


A ARTE DO NOSSO AMOR

Indo para frente,
Mas mirando nos retrovisores
Da saudade...
Assim dirijo minha vida
Nas avenidas da melancolia!...

O seu aroma,
Seu jeito de olhar,
Seu desfilar
no meu olhar,
sua doce forma de reinar
em meus desejos, e sentidos,
sua doce voz regendo
as batidas do meu peito
da nossa orquestra chamada
AMOR, AMOR, AMOR...

Como vou tudo isso ignorar
Por causa daquilo!?
Como vou lhe abominar,
Não querer mais sua amizade,
E nem mais lhe ver!?
Só achamos melhor para nós dois
desatarmos os laços!...

O tempo que juntos construirmos
nunca, jamais foram perdidos:
viraram pinceladas de nossa vivência,
de nosso sentimentos
na tela da vida,
enriquecendo com obras-primas
a exposição nas nossas graciosas memórias!...

- Wagner Martins


5 de fevereiro de 2018

PROSSIGA! Wagner Martins (Poema)


PROSSIGA!

Quantas, e quantas vezes
Eu devo perdoar a quem me magoou,
E pedir perdão a aquele que eu ofendi,
Ou até abrir o coração, ser sincero,
Mostrar as feridas a aquele que me feri
Esperando que esse mesmo as cuide?

Quantas, e quantas vezes
Eu devo estar pronto a querer, e fazer o bem
A quem só me deseja, e faz o mal?
permanecer, e ir suportando
a quem está no meu lado
com proceder que tanto me aborrece...
e nenhum dos meus gestos em seu favor
ela não retribui, não reconhece?

Quantas, e quantas vezes
Devo bendizer a quem me maldiz?
Devo ignorar os defeitos, o que acho de errado,
E apreciar o que fez de bom, suas qualidades?
Devo abrigar, acolher, ouvir aquele que assim precisa,
E não esperar a mão dele estendida
quando eu assim precisar?

Quantas, e quantas vezes...
E quantas vezes essas dúvidas surgirão para mim,
E por que eu devo tudo isso fazer, e nessa forma caminhar?!
Ah, e que espinhoso caminhar!...
Procuro em vários lugares as respostas,
Mas cada vez é frustrante essa procura;
Contudo, quando contemplo a mensagem da cruz,
O gesto do mais profundo amor de Jesus Cristo para comigo,
Só nessa maneira me sinto fortalecido para prosseguir
Na trilha tão dolorida que a humanidade assim fez!...

- Wagner Martins

sábado, 2 de fevereiro de 2018


COMO AMAR A DEUS?! Wagner Martins (Poema)

A imagem pode conter: texto

COMO AMAR A DEUS?!

De que forma posso amar a Deus?!
Como posso fazer amizade com Jesus?!

São serem abstratos, não posso vê-los...
São tão perfeitos, autênticos, e eu tão falho, pequeno...

Ao longo da vida Eles nos deram várias dádivas,
E todo aquele que com carinho nos presenteia,
Bem lá no fundo deseja de nós zelo, gratidão,
gestos de retribuições!

Amar a Deus é
amar, perdoar, cuidar, se preocupar com o próximo!

Amar a Deus é
visitar os que estão nos cantos do esquecimento!

Amar a Deus é
dividir o pão, abrigar, estender a mão aos necessitados!

Amar a Deus é
Espalhar as boas-novas, compartilhar a esperança!

Amar a Deus é
aceitar a amizade com Jesus Cristo,
Seguir seus passos, a cima de tudo exaltando ao Pai,
não hesitando, mas se doando ao Seu querer,
e O obedecendo por amor!

- Wagner Martins
6 de janeiro de 2018