PESSIMISMO, OU REALISMO?! Wagner Martins (Poesia)



PESSIMISMO, OU REALISMO?!

Nunca estamos sozinhos,
Acredite em mim, somos mui queridos:
Só que para provarmos disso
Devemos estarmos dentro dos caixões!

Que sensação péssima
É conviver com pessoas falsas, interesseiras,
Não podemos sermos nós mesmos...
devido a nossa sinceridade nos condena
Por um tempo na solitária, são regras da casa!

Eu não queria esperar de todos,
E de tudo sempre o pior,
Até lutei com boba esperança contra esse fato,
Mas na guerra é bom ter sempre erguido o escudo!

Sinceramente só vejo bondade, pureza
Nos sorrisos das crianças,
O olhar delas ao mundo
Me faz acreditar que ainda existe amor!

- Wagner Martins

20 de outubro de 2018

A GÊNESE DO AMOR, Wagner Martins (Poesia)



A GÊNESE DO AMOR

No princípio tudo era escuro,
Dia após dia sem rumo...

Mas o destino achou bom, e ordenou:
- Que haja amor!

Assim, minha vida
cruzou, unificou com a sua:
E tudo fez sentido,
E tudo já não era
Mais o mesmo,
E iniciamos a odisseia,
viagem pela vida
A dois!

- Wagner Martins

Uma pequena forma poética, e simplesmente narrada sobre a criação de Deus do universo, e da vida.

19 de outubro de 2018

É SÓ O QUE TENHO, Wagner Martins (Poesia)



É SÓ O QUE TENHO

Nós já nascemos nus!
Nós já nascemos nus!

Então porque me cobra tanto?!
Sou como um céu numa escura noite
Com poucas estrelas, e tão melancólicas
Que parecem lágrimas!...

Porque cria para si
Um eu tão cheio de luz,
Para que eu seja o seu sol?!
Não me radio de esperança,
Porém vivo, sou sua nuvem
A lhe envolver, a lhe acompanhar,
a lhe fazer sombra!

Parece que nasci há dez mil anos atrás,
Por isso que não espere de mim
Nada demais...
Ás vezes sou tão profundo
Que você não percebe o quanto lhe amo,
ocupada em tentar me moldar a seu querer!...

Assim fico no seu lado
Sem abrir a porta do carro para você,
Sem flores, sem elogios,
Sem abstratos poemas,
Mas na frieza do cotidiano
Eu sou a sua precisa brasa!

- Wagner Martins

18 de outubro de 2018

VAI ALÉM, Wagner Martins (Poesia)



VAI ALÉM

Não querem plantar, regar,
E nem cuidar;
Agora roubam logo a roseira
Com caquera,
E quando satisfeito, não há apego,
A abandonam,
Assim vão roubarem outras!...

Tudo banalizam,
Até esse lindo sentido
Para vida,
Que é O SE DOAR
POR AMAR!

Famintos estamos:
Pois com tanta gula
Nos saciamos!
Queremos de tudo;
Mas são poucos
Os que sabem saborear
do pouco que está no seu prato!

Ah, é tão ruim
Quando não sabemos
Lidar com essa máquina
Que não serve só para pulsar o sangue!...

- Wagner Martins

15 de outubro de 2018

POR DEUS AMADO, Wagner Martins (Poema)



POR DEUS AMADO

Têm vezes que precisa
fechar os olhos para ver Deus!

Tapar os ouvidos
para O ouvir!

Estar só
para ser acolhido por sua sustentável companhia!

Têm vezes que precisa
fugir do sentimento de vingança,
mesmo com vantagem, vim ceder, logo perdoar!

Saborear o sabor amargo de amar seus perseguidores,
acusadores,
aponto de servi-los, e de lamentar verdadeiramente
a derrota deles
para sentir amado por Deus!

- Wagner Martins

poema inspirado na perseguição do Rei Saul a Davi.

13 de outubro de 2018

IGUALDADE DE SEXO, Wagner Martins (Poesia)



IGUALDADE DE SEXO

As mulheres são iguais,
no máximo só têm até dois seios,
se conhecer uma que tenha três seios,
ou mais,
por favor, me apresente!

Ah, os homens também são iguais,
pois até agora não conheci
um doente que não quisesse conhecer
essa raridade de mulher!

- Wagner Martins

12 de outubro de 2018

CORAÇÃO ALEIJADO, Wagner Martins (Poesia)



CORAÇÃO ALEIJADO

Antes para todas
eu ficava com tesão de um burro no cio,
oh, quis dizer apaixonado!
Antes para mim
tudo era com menos safadeza,
e mais pureza!

agora vejo
a maioria bem dirigidas
no mundo artificial,
agora os bem-aventurados
são os que mentem perfeitamente,
do contrário dos que abre o coração
para serem baleados,
e o que não mata, deixa aleijado!

- Wagner Martins

12 de outubro de 2018

SE NÃO FOR POR AMOR... Wagner Martins (Poema)



SE NÃO FOR POR AMOR...

Se não for por amor faça nada:

não varra a casa!
não lave as roupas, as louças...
não, não cuide das crianças
se não se senti por me reconhecida,
renovada todos os dias!...

Não passe as minhas roupas,
não apare meu cabelo, a barba,
se não for gestos de ternura!

Se não for por amor faça nada:

não se torture tanto
escondendo que se irrita
com meu jeito de lhe agradar,
escondendo que se senti violada
aos meus toques, ao meu olhar,
a minha vontade manifestada
de lhe devorar,
se já me tem só como ser
que não merece ser machucado,
porém você já não suporta!

Não fique no meu lado
se notar que a essa dádiva
eu não mereça,
não substituía o encanto das estrelas,.
da lua, se já o meu calor não lhe aqueça!

Se não for por amor faça nada:

Podemos viver algo maior
entre nós além de sexo, e amizade!
podemos estarmos ligados
além do medo de vivermos algo novo,
e do costume da mesmice,
pois compromisso sem amor
nos torna frios, ´desgastados,
reféns da falta de cumplicidade
de nos abrigarmos um no outro!...

- Wagner Martins

8 de outubro de 2018