MAIS UM DIA, Wagner Martins (Poesia)


MAIS UM DIA

Mais um dia para viver:
Logo ligo a TV,
Aí começa em suas bordas
A jorrar sangue,
Os justiceiros da hipocrisia,
os vampiros loucamente
sempre a apresentar
Mais, e mais mortes...
Deus me livre, e guarde,
Até parece que se alimentam
Da tragédia popular!

Assustado, logo ponho os canais a mudar:
assim descubro a fonte das fossas
De tantas idiotices, e estupidez sociais,
Desligo, fecho as cortinas
da peça teatral a qual faz Satã cair na gargalhada!

assim, ligo o rádio
que de tantos corações
 já foi doce companheiro,
e dele soar vozes, frases:

“TRAIU MESMO PORQUE SOU O CARA”

“TIRE OS SUTIÃS, AS CALCINHAS,
E REBOLE O BUMBUM”

“BEBO MESMO, TENHO DINHEIRO, E BEBO MESMO”

Desligo também essa poluição sonora, atordoado!...

Com todo esse bombardeio, abro os livros:
E eles me mostram o horizonte,
Já me sinto flutuar...
as poesias me dão asas para voar!...

- Wagner Martins


14 de janeiro de 2018

Nenhum comentário:

Postar um comentário