SIMPLESMENTE ASSIM, Wagner Martins (Poesia)

Resultado de imagem para estrela cadente

SIMPLESMENTE ASSIM

Nunca a estrela-cadente
passou, ou realizou
Os meus desejos
Mais ardentes!...

Nunca tive duas luas
Para na escuridão particular,
Onde até a lua do céu se vai,
Eu tivesse ainda uma luz,
Me lembrando
que há um sol a brilhar!...

Nunca tive dois sóis
Para no tempo frio,
Ou quando o céu está nublado,
Viesse ainda me aquecer,
E aos meus sentimentos
Viesse ainda dar vidas,
viesse dar cores!...

Enfim, então porquê
Vou escrevendo
sobre o amor encantador,
maquiado?!
Porquê
vou escrevendo
sobre o amor lindo,
todo enfeitado?!

Ás vezes dou uma
de Geppetto,
pois as pessoas ama
o que faz o Pinóquio!...

- Wagner Martins


segunda-feira, 21 de maio de 2017

Nenhum comentário:

Postar um comentário