Poesia ENTRE EU, E VOCÊ ESTAR O OCEANO. Wagner Martins

ENTRE EU, E VOCÊ ESTAR O OCEANO.



O código para eu acessar sua conta de sentimento,
Com toda longanimidade espero, e peço!...
Só para depositar o meu amor,
A minha atenção, intenção, o meu dengo,
Depositar até o meu destino...
No seu padronizado destino,
Sem espaço para ressentimento,
Nem que seja por um segundo.
A fim que essa mistura de destinos
Brote no solo do futuro
O tão sonhado: nosso ninho!

Estou aqui, na ilha dos solitários:
Entre nós dois,
estar o oceano com seus mistérios,
Chamado de internet...
Mas para transmitir
Todo o lindo carinho
Que sinto por ti,
Envio garrafas com aquilo que flameja
em mim:
a imaginar o doce do seu aroma
exalando dentro do meu ser
descritos nessas mensagens.
O intrigante é que essas flutuam cruzando o mar,
Ao rumo certo, no seu peito á ancorar!...
E o sinal que em nisso me faz acreditar:
é que elas vão abarrotadas das minhas epístolas,
E regressam todas a mim;
vazias das minhas palavras...
mas abarrotadas de expressões
Das suas emoções,
Uma delas é da sua felicidade!
Sinto todas elas muito puras, espontâneas,
Não contendo falsidade!...

O mundo lá fora
Ostenta prazeres, beleza passageira,
Beleza vulgar....
Já eu, ostento na memória
imagens, e em nelas
Você sempre a sorrir estar,
Das bobeiras que sempre a te digo!
Falo tudo isso com apenas um intuito,
De te fazer feliz, e fico daqui á imaginar:
O seu maravilhoso sorriso á cintilar
A ás pessoas amadas que estão ao seu redor
Por seu brilho do seu jeito de ser, iluminadas!

- Wagner Martins


quinta-feira, 14 de maio de 2015

Nenhum comentário:

Postar um comentário