POESIA: DESCOBRINDO O GÊNERO DESSE SENTIMENTO. - Wagner Martins

 DESCOBRINDO O GÊNERO DESSE SENTIMENTO.



Sinceramente,
Eu até aqui realmente não sei...
Qual é o lugar em minha vida
Que você vai reinar.
Nem sei se te amo,
Mas pelo que tenho previsto:
O seu jeito natural de ser,
Vai ser o estopim
Para esse sentimento florescer
Feito a flor de amor maravilhosa
Que sua cor ousada,
Seu aroma puro, cativante,
Seja o bastante
Para que por ela
Nós dois se apaixone!...

Me sinto flutuando por cima das nuvens
Quando nós estamos conversando,
Mesmo sem ouvir sua voz!
As palavras vão nos emocionando
Amo estar contigo a sorrir,
Ainda não contemplando o seu sorriso!
Embora estamos juntos,
estamos ao mesmo tempo a sós,
Cada um distante um do outro!...
Mas eu mesmo, já não me sinto só.
Você me faz bom, bem, rir,
me faz cativar mais, e mais por ti!
É inexplicável essa nossa sintonia,
É igualada a uma conta incalculável
Que sempre resulta em nossa alegria!...
Será que é magia,
Já que o assunto aqui
é tratada com poesia!?
Só sei que te quero bem,
Mais tão bem, tão bem...
Que espero que o seu bem seja comigo,
E o meu bem seja consigo!
Eu desejo isso,
Pois nossos sentimentos
Estão ainda se concretizando,
descobrindo o gênero desse sentimento.

- Wagner Martins


sexta-feira, 8 de maio de 2015

Nenhum comentário:

Postar um comentário