Poesia despedaçou a flor, em 19 de novembro de 2012 03 10. Poeta vava guerreiro do amor

video


Eu estava lá;
Lá muito alegre com minha filhinha na barriga,
Estávamos aproveitando os últimos momentos em amônia.

Eu era a flor muito feliz!
Mas o jardineiro do mal despedaçou-me,
Arrancou as minhas pétalas com toda sua ferocidade!
Foi tanta brutalidade com que chequei a cair;
Em cada pétalas que arrancava!
Meu coração iria parando.
Em cada pétalas que arrancava!
Minhas forças iriam diminuindo.

Agora ele mim largou;
Tirou da flor a sua beleza,
Tirou da flor as suas pétalas,
Tento tira da flor a sua vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário